Carraças

Espécies de carraças

Existem cerca de 900 espécies divididas em duas famílias: carraças duras (Família Ixodidae) que compõem 80% das espécies e carraças moles (Família Argasidae) que compõem os restantes 20%.

Carraças Duras

As carraças duras recebem este nome devido à presença de uma placa dura na superfície dorsal do corpo chamada de escudo. Além disso, apresentam o aparelho bucal, denominado gnathostoma, em posição apical, de forma que este pode ser facilmente apreciado ao se observar a carraça em posição dorsal.

Carraças Moles

As carraças moles apresentam a superfície externa do corpo nua, ou seja, sem escudo, lembrando a aparência de couro, e possuem o gnathostoma em posição anteroventral, o que implica que se o indivíduo for olhado de cima, o aparelho bucal não será visto.

O ciclo de vida das carraças: o ovo, a larva, a ninfa e o indivíduo adulto

O ciclo de vida das carraças difere dependendo se são carraças da espécie duras ou moles. Em ambos os casos, o início do ciclo começa com a eclosão no solo dos ovos postos pelas fémeas.

As larvas, ao contrário das ninfas e dos adultos, possuem apenas 3 pares de patas, enquanto os demais estágios ativos apresentam os 4 pares característicos de aracnídeos. Imediatamente após a eclosão, as larvas procuram um hospedeiro para se alimentar.

Picadas de carraças podem transmitir doenças

Quando uma das fases ativas consegue levantar um hospedeiro, a primeira coisa que faz é procurar uma área satisfatória para morder e sugar o sangue. O primeiro passo após a picada é a secreção de uma substância que se solidifica em contato com a pele chamada de cimento, que permite ao indivíduo se agarrar firmemente ao hospedeiro.

Poucas horas depois, as glândulas salivares da carraça inoculam na chamada cavidade alimentar uma série de compostos ativos que ajudam a manter um fluxo constante de sangue.

Para além disso, as carraças também secretam substâncias que inibem a resposta imune do hospedeiro. As carraças podem transmitir um grande número de doenças. A transmissão dos patógenos envolvidos na causa dessas doenças ocorre aproximadamente 24 horas após o início da alimentação.

Choose country

    ligue agora 215 913 019